2 de outubro de 2007

Tudo por um abraço materno...


Sabe aqueles dias em que você se sente sozinha, mesmo estando rodeada de pessoas?
Pois é, estou vivendo um dia destes...há alguns dias...rsrs...
Preciso dar colo e atenção, quando na verdade sou eu quem está precisando...
Gostaria que as coisas na vida fossem mais simples, que o diálogo entre as pessoas fosse mais compreensível.
É incrível...muitas vezes não conseguimos nos expressar, ou melhor, não conseguimos nos fazer entender...se falamos a mesma língua, esse contato poderia ser bem mais simples, né?!
Gostaria que o meu sentimento fosse igual ao de uma criança...
Vejo pelos meus filhos...
...Faça este teste, depois de uma bronca o seu filho chora, responde,...mas minutos depois ele consegue esquecer a mágoa anterior, ele sorri, te abraça, te beija...é mágico.
NÓS ADULTOS, NÃO SOMOS ASSIM.
Guardamos sentimentos mal resolvidos por muito e muito tempo.
Nos mágoamos todas as vezes que relembramos...e assim sucessivamente...
Tenho essa conciência, mas não consigo mudar.
Quando penso que já aprendi, lá vou eu caindo novamente, me magoando novamente e levantando novamente...
E não satisfeita, levo as cicatrizes da queda comigo pra onde vou.
É isso que está me encomodando. O peso das mágoas que carrego.
Hoje a noite irei tentar dormir e fazer uma limpeza de sentimentos...vou tentar acordar amanhã mais leve...

De tudo um pouco...

Related Posts with Thumbnails